segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Jogo baixo e traição


Site especializado em relacionamentos adúlteros apela e faz especulações envolvendo atletas e clubes de futebol para ganhar manchetes e audiência






Como estratégia para ganhar visibilidade, um site dedicado a facilitar relacionamentos extraconjugais tem feito especulações envolvendo alguns dos principais atletas e clubes de futebol do planeta.


Os diretores da empresa, após anunciarem que trabalhariam para que o pivô Anderson Varejão, hoje no Cleveland Cavaliers, voltasse para o basquete brasileiro, e de dizerem que patrocinariam o Sevilha, clube da Espanha, agora fazem promessas envolvendo o São Paulo. Eles afirmaram que arcariam com os custos da transferência do jogador de futebol Vágner Love para a equipe brasileira, com a condição de estampar o nome e o slogan na camisa do clube.  O anúncio foi feito no começo do mês. O site lidera o mercado mundial de redes sociais para a traição e acaba de iniciar negócios no Brasil. Mas, ao que tudo indica, o patrocínio para o jogador não passa de tática para atrair novos adúlteros.


“A informação sobre o Vágner Love é descabida. O São Paulo tem uma posição ética e jamais fecharia acordo com uma empresa de relacionamentos extraconjugais”, disse em entrevista ao portal “Terra” o vice-presidente de Futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes. Ele negou a possibilidade de o clube se associar com esse tipo de negócio.


O empresário do jogador, Evandro Ferreira, também disse desconhecer a negociação e classificou como “blefe” a manobra dos responsáveis pelo site. Love, assim conhecido por ter sido flagrado com uma namorada na concentração quando jogava nas categorias de base do Palmeiras, começou a carreira no futebol brasileiro e, desde 2009, joga no CSKA da Rússia, clube com o qual tem contrato até 2014. Dias após boato sobre o site de traição, ele esteve no Brasil acertando os termos de seu divórcio com  Marta Love, com quem foi casado até abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário